Conheça as Ilhas Privadas das companhias de cruzeiros


Gostaria de ir morar em uma ilha deserta? Não podemos te ajudar a realizar seu sonho, porém convidamos para conhecer todas as ilhas privadas das companhias de cruzeiros que já correram na sua frente e garantiram seus destinos únicos.

Um dos pontos fortes em cruzeiros pelo Caribe ou pelas Bahamas é justamente passar o dia em uma ilha paradisíaca totalmente construída e voltada para o entretenimento e lazer dos seus visitantes. Todas as ilhas privadas estão localizadas nesta região onde as águas cristalinas, com longas faixas de areia por todo o lugar e diversas opções de atividades, excursões pagas e também alugueis de pranchas, boias e equipamentos de mergulho. Alguns hóspedes podem ainda contar com uma cabana privada que contam até com direito à um mordomo exclusivo para servir drinks e outros serviços.

Shore Excursions
Shore Excursions
Shore Excursions

Para a maioria das ilhas, o acesso só é possível através do uso de tenders do próprio navio ou de grandes barcos com capacidades entre 100 e 300 pessoas de uma só vez.

Desde 2009 as companhias vêm trabalhando em cima das leis locais para a construção de piers para atracar os seus navios que crescem de tamanho a cada ano, provendo assim uma maior comodidade para seus passageiros na hora do embarque e desembarque.

Tender ship

Como é trabalhar nas ilhas privadas?

Infelizmente para a maior parte da tripulação o trabalho nas ilhas paradisíacas é na verdade o inferno na terra, dos quais motivos para se estressar não faltam. Você que é tripulante já sabe que está no navio para trabalhar, porém a sua carga horária é estendida quando há uma parada nas ilhas de qualquer companhia e a lei de Murphy reina: Pois se algo tem chances de dar errado, é por que vai dar errado. O departamento do entretenimento é um dos mais castigados, pois são os responsáveis por organizar filas dentro e fora do navio para que os passageiros possam embarcar/desembarcar e claro, sempre há espaço para brigas e xingamentos.

Mesmo atuando na areia, a tripulação segue o código de vestimenta da companhia que se traduz em usar sapatos cobertos todo o tempo somando-se ao calor excessivo e o uso de uniformes que muitas vezes não foram feitos para serem utilizados em tais condições. Levando em consideração estas condições, o trabalho das equipes do Bar e Fotografia são os que mais passam tempo expostos ao sol.

E por último, toda a comida e bebida utilizada nas ilhas quase sempre provém do próprio navio, criando-se uma rotina de transporte manual de cargas que quase sempre sobra para o departamento de Housekeeping, responsável também pelo uso e montagem de barracas ao longo dos piers e/ou das faixas de areia.


Castaway Cay – Disney Cruise Line


É uma das ilhas privadas mais conhecidas e também com algumas características que a fazem ser ainda mais exclusiva, como por exemplo ser acessada apenas por navios da Disney, possuir um deck próprio para os navios atracarem eliminando o uso de tenders e também uma praia exclusiva para adultos, um ponto extremamente positivo pois seus navios estão sempre lotados de crianças e grandes famílias.

Tudo na ilha assim como nos navios é temático Disney, por isto não fique chateado se te pedirem para vestir uma fantasia de Pato Donald e andar por ai acenando no sol escaldante.

Castaway Cay
Navios que visitam a ilha:

Disney Dream • Disney Fantasy



Coco Cay – Royal Caribbean


Também conhecida como Little Stirrup Cay, a ilha privada do grupo Royal Caribbean é uma das menores ilhas privadas do mundo tendo quase 100% do seu espaço físico sendo aproveitado no momento, por isto não oferece uma grande diversidade em excursões e atividades.

A principal atividade na ilha além de ficar na praia pegando um sol é o aluguel de jetskis e passeios de parapente em um cenário paradisíaco. A menos de 100 metros de distância, pode-se avistar a sua ilha irmã e com quase o triplo de tamanho, pertencente ao grupo Norwegian.

Coco Cay
Navios que visitam a ilha:

Grandeur of the Seas • Enchantment of the Seas • Celebrity Silhouette • Azamara Quest



Great Stirrup Cay – Norwegian Cruise Line


Foi a primeira ilha privada a ser adquirida por uma companhia de cruzeiros, em 1977. Passou por tantas renovações que só passou a ser utilizada em temporadas fixas no ano de 2012 e continua sendo expandida até hoje com a criação de novas praias e atividades. É uma das poucas ilhas à oferecer encontros com animais selvagens como focas, golfinhos e arraias.

Chegou a ser destino dos navios da MSC até a companhia adquirir uma ilha própria em 2016 e antes de ser um destino turístico era uma base militar durante a segunda guerra mundial.

Great Stirrup Cay
Navios que visitam a ilha:

Norwegian Sky • Norwegian Escape • Norwegian Gem • Oceania Riviera • Oceania Marina • Seven Seas Explorer



Half Moon Cay – Holland America


Adquirida em 1997 por singelos 6 milhões de dólares, a ilha possui menos de 10% da sua área total voltada para o turismo, sendo o restante um parque de preservação animal. É também a única ilha privada que conta com apenas uma praia – em uma grande extensão de areia – no formato de meia lua, dando nome à ilha. É também a ilha com águas mais rasas dentre todas as ilhas privadas, criando-se um espaço perfeito para a prática de esportes como mergulho e snorkeling.

Os navios da Carnival Cruises frequentam a ilha casualmente pois a Holland America pertence ao grupo Carnival Corp.

Navios que visitam a ilha:

Koningsdam • Carnival Glory • Carnival Liberty



Harvest Caye – Norwegian Cruise Line


É a segunda ilha privada do grupo NCLH, demorou quatro anos para ser construída e é um destino certo para cruzeiros que fazem rotas no caribe oeste. Conta com diversas excursões e atividades, além de lojas e estabelecimentos comandados por nativos de Belize.

O grupo Norwegian anunciou recentemente que a ilha pode ser explorada por qualquer companhia de cruzeiros e que o foco é o desenvolvimento local, sendo Belize um dos países mais pobres da América Latina e do mundo.

Harvest Caye
Navios que visitam a ilha:

Norwegian Escape • Norwegian Getaway • Norwegian Pearl • Oceania Riviera • Oceania Marina • Seven Seas Mariner



Labadee – Royal Caribbean


Este porto não é uma ilha privada, e sim um destino exclusivo do grupo Royal Caribbean, embora seja divulgado até mesmo no site da companhia como uma ilha. O porto de Labadee foi esculpido exclusivamente pela Royal para servir de destino único no Haiti. Não existem muros delimitando o espaço construído pois a selva e vegetações locais são densas demais e apenas uma estrada liga o resort com o resto do país.

Labadee
Navios que visitam a ilha:

Freedom of the Seas • Harmony of the Seas • Azamara Quest



Ocean Cay – MSC Cruises


Esta ilha se encontra em construção e foi adquirida em 2016 pelo grupo MSC para ser utilizada como destino para cruzeiros futuros visando o mercado americano, onde a companhia ainda não conseguiu atrair fãs.

O processo de construção da ilha está sendo desenvolvido pela mesma empresa que construiu as ilhas artificiais e arquipélagos na costa de Abu Dhabi.

Ocean Cay
Navios que visitam a ilha:

MSC Seaside • MSC Seaview



Princess Cays – Princess Cruises


A Princess foi uma das primeiras companhias a adquirir uma ilha privada já em 1992. Hoje em dia a ilha não pertence apenas ao grupo Princess mas também é habitada por cerca de 11.000 moradores locais. A companhia ergueu uma grande cerca que delimita o espaço sudoeste da ilha, onde se encontra o Princess Cays Resort.

Princess Cays
Navios que visitam a ilha:

Carnival Pride • Carnival Ecstasy • Crown Princess • Caribbean Princess